CEAG

COMISSÃO DE ESTUDOS E APOIO AOS GESTORES

O PODER DA INFORMAÇÃO

Hoje, vivemos em uma aldeia globalizada aonde a informação chega e transforma um cenário em curto espaço de tempo como se fosse um tsunami. Uma boa parcela dos micros e pequenos empreendedores brasileiros ficam esperando que as coisas aconteçam, ficam contando marolas e quando percebem já é tarde demais. Ficam sem direção, sem saber o que aconteceu com o seu empreendimento e perdidos como uma embarcação em meio às ondas revoltas do tsunami. É… Em um cenário deste o que fazer? Poucos são os que reconhecem a linguagem do mercado. É preciso escutar o que ele tem a dizer, quais as suas tendências e exigências e o que os clientes estão querendo. Não é preciso ser um especialista para saber captar as informações diárias que o mercado transmite nos mais variados meios de comunicação. Quando falo em comunicação me refiro não só a visual, a escrita e a auditiva, refiro-me a mais importante das comunicações, a perceptiva, que é o conjunto de todas as comunicações. É aí que conseguimos obter informações relevantes e detectar com tempo a formação de ondas gigantes e, assim, nos prepararmos para a sua chegada sem grandes tormentos. Não podemos esquecer, seja qual for o ramo de negócio, teremos sempre um concorrente se informando e preparando o “bote” como se fosse uma anaconda faminta disposta a ser a rainha do segmento meio à devastação que foi criada pela falta de informações (por Flavio Barbosa da Silva).

Foi pensando assim e consultando gestores e profissionais atuantes no mercado, que a ABETE – Associação Brasileira de Estudos e Treinamento Empresarial decidiu criar a Comissão de Estudos e Apoio ao Gestor Educacional – CEAGE e a Comissão de Estudos e Apoio ao Gestor Empresarial e Negócios – CEAGEN buscando atender as necessidades e a falta de informações que atormentam os gestores e seus colaboradores.

Sabemos que a crise que vivemos hoje já vinha sendo anunciada e aqueles gestores que contavam com assessoria de empresas especializadas, conseguiram diminuir o impacto da crise em sua gestão, pois vieram se preparando ao longo dos anos/meses para as ondas gigantes do tsunami político e econômico que estamos vivendo.

Aqueles gestores que conseguiram perceber mesmo sem recursos financeiros e ajuda de especialistas, o que a linguagem do mercado transmitia, conseguiram minimizar seus prejuízos. Enquanto outros que não tiveram a sensibilidade de perceber o que vinha pela frente, hoje convivem com uma alta nos índices de inadimplência, falta de recursos, perda de clientes e queda significativa de receita.

Porque não juntarmos nossas forças e discutirmos juntos sobre as reais necessidades de cada segmento representado nas comissões. Precisamos pensar que dentro da área de influência, existem outros concorrentes que mercadologicamente não são inimigos. A busca por novos clientes deve existir sempre e o que deve prevalecer é a competição saudável e estruturada.

A participação nas Comissões “CEAGE e CEAGEN” é exclusiva aos associados da ABETE, independente da categoria, que em reuniões periódicas indicarão temas a serem estudados e discutidos em encontros presenciais, ambientes virtuais ou através de publicações.

A experiência vitoriosa ou não de nossos associados, poderão ser temas de discussão e aconselhamentos, pois o que é bom deve ser compartilhado e o ruim deve ser comunicado.

Com o objetivo de nos prepararmos para eventuais tsunamis, será trabalhado temas com foco no planejamento estratégico, no marketing, nas vendas, na segmentação do mercado, no atendimento ao cliente, na satisfação da equipe, no controle administrativo e financeiro, na redução e controle dos custos, na criação publicitária, na elaboração dos contratos, entre outras áreas.

As Comissões “CEAGE e CEAGEN” indicarão temas para a realização de palestras e seminários e a equipe da ABETE buscará no mercado profissionais qualificados para apresentar e discutir o assunto (participação por adesão) .

As empresas e profissionais de outros Estados, poderão participar das Comissões, desde que, façam parte do quadro associativo da ABETE. Os gestores que por ventura tiverem interesse em participar das reuniões/encontros, serão muito bem recebidos e aqueles que por qualquer motivo não estejam presente, receberão todas as informações de como participar a distância, encaminhando antecipadamente suas dúvidas e sugestões. Posteriormente as comissões “CEAGE e CEAGEN” encaminharão os materiais produzidos em cada encontro.

JUNTOS NAS COMISSÕES SEREMOS CADA VEZ MAIS FORTE.